face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sábado, 14 de agosto de 2010

Ás de Espadas

Sou eu quem dou as cartas,
o jogo depende de mim,
sem mim?
sem nada,
sem cartas,
sem espadas.

Gosto de brincar,
nesse jogo vamos ver,
as caras retorcerem,
cabeças rolarem,
coisas morrerem...

Sou bom com os sonhos,
manipular as vezes é legal,
fazer o que é certo...
isso sim é real.

Olhe... veja a lua,
linda não?
decisões são feitas,
escolha...
cativa.
sim ou não?

A felicidade é facil de enxergar,
ela bate a porta,
pede para entrar...
as vezes temos medo de ser feliz,
de perder o ar...
querida... olhe pra mim...
Vamos lá.

Deite...
contarei-lhe uma história...
Era uma vez uma mulher,
como era linda...
trocou a vida por um prato de que?
conhece a história das lentilhas?
Felicidade se foi...
agradar outros ficou,
olha logo...
enxerga rapido...
é você que faz o amor.


David Weydson

Nenhum comentário:

Postar um comentário