face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Martírio Escrito


E em minhas mágoas mergulho,
tentei fugir mas não deu,
sou a lágrima do vagabundo,
a tristeza de Clarice.

...

A tristeza escolhe a dedo os artisticos,
como combustível para sua chama que não se apaga,
Tortura...
Tortura até que lamba o papel de agonia,
Me atira nostalgia...
minha cabeça doi.

Me elogiam por esse martírio,
minha dor é bela.
minha escrita é bela.


David Weydson

2 comentários:

  1. Só pra deixar registrado... xP
    O poema e a imagem em completa e perfeita harmonia, eu imagino o tempo que levou pra achar essa imagem (rsrs)
    Olho a foto e vejo o David Weydson nitidamente nela... ^^

    ResponderExcluir
  2. *0*
    Achei por acaso e algo que me impressionou é que ele escreve do mesmo jeito que eu escrevo, mesma mão espalmada sobre a folha acariciando e sentindo a textura do papel...

    ResponderExcluir