face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ânforas Sagradas



Quando sentado estava,
mergulhando na solidão tu mergulhou nela comigo,
me fez compania imperceptivel,
achei realmente que estava só...

Guiava minha mão para abrir a janela e ver a lua,
soprava o vento de mansinho pra arejar o meu quarto,
traçava o caminho de minhas lágrimas,
e ficava em silêncio ouvindo minhas injúrias.

Sentia atravez de minhas palavras a minha dor,
chorava ao ver meus pensamentos a me torturar,
fazia o ar mais leve para tentar me acalmar...
sabia que quase não conseguia respirar.

Te quis mas de olhos fechados não achei,
tive medo do futuro,
e quando estava impuro,
veio no escuro,
e me fez seguro,
me fez vivo denovo.
O dia raiou...

Era manhã quando contemplava o peito cheio de lágrimas,
mas sabia que ali era só água,
pois tu as tinha colhido.
Em tuas Ânforas Sagradas.



David Weydson

Um comentário: