face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sábado, 9 de abril de 2011

Sem Titulo II

Me falaram que eu tinha o direito de gritar...
então eu grito...
Todos podem se privar de ouvir...
então se preferirem tapem os ouvidos...
só escrevo meus pensamentos bizarros,
que de alguma maneira são encaixados...
e dizem ser poesia...
ou coisa do tipo...

Sou só um louco,
fanático, lunático e bandido das palavras perdidas,
que em minha vida reprimida grito...

...

Comecei a escrever,
para as idéias deixarem rolar,
pra não enlouquecer,
e pra minhas lágrimas guiar...

Escrevo agora pois não sei mais como falar,
como me abrir,
escraxar e assim vou a me explorar entre as letras,
entre as mesas de minha biblioteca de 3 livros,
e com absinto rego meu livro do Louco...

Pierrot por essência,
vida em decadência,
mas sigo com a pouca clemência que me resta...

...Não tenho mais nada a escrever...


David Weydson


PS: Não agora...

Nenhum comentário:

Postar um comentário