face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

domingo, 24 de julho de 2011

Polar


Oi...
O inverno chegou,
trazendo aquela doce lembrança de chás fumegantes,
de praticamente ser um fumante...
a cada palavra e respiração,
sou o deus das nuvens,
sou um dragão!

corbertores coloridos,
corpo vivo...
arrepios cortando a pele,
e corpo vibrando em cada brisa não esperada e não preparada que passa pela roupa fina.

As estrelas e a lua brilham mais,
mais distante o calor se torna,
o corpo chora suor,
olhos ficam mais vivos e envidraçados se perdendo nos vidros embassados...

E o Pierrot caminha pelo vento,
dessa vez, deixou a máscara em casa e se transformou...

Por ter mudado tanto, mudou...

Em sua casa há calor,
e aprecia a nudez...
uma pilastra e ao chão um cobertor xadrez...

foi só o tempo da foto tirar,
para logo se agasalhar e ir preparar o seu chá...

As árvores são lindas enquanto dormem no inverno,
sem folhas e maciças...
entortam os galhos como artistas,
os passos dos que passam são rápidos para esquentar.

Vontade de logo chegar ao lar,
repousar...
aquecer e apreciar.


David Weydson

Nenhum comentário:

Postar um comentário