face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sábado, 13 de agosto de 2011

Atlas


Na curva das minhas costas está o julgamento dos anos,
acima delas oceanos,
humanos e depois o céu...

A dor antes era constante,
condenado por um destino qualquer,
e agora vivo por viver,
levando meu peso por te nascido com tal martírio que nem lembro mais de quem era atrás...

Nem da sede me livro pois no maldito Olimpo me condenaram,
a água que seguro é salgada...
A comida é escaça...

E com os braços doridos,
só faço um pedido...

Me chamem de Atlas...
E não de gravidade.


David Weydson

Nenhum comentário:

Postar um comentário