face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Maldição Purpura


Derramo sobre esse nascido a maldição extrema,
e tudo que for vistoso perderá a cor,
toda vontade não será saciada,
e o tédio o consumirá.
Essa é minha praga,
minha maldição imposta e decretada,
dela não escapará e nem portas achará...
Sua fé será frustrada,
sua vida será vivida no amanhã,
e se contradirá por crer que o amanhã pertence a Deus...

As ações se tornarão lentas,
e quando eram pra ser ligeiras demorarão vidas,
seu semblante em um dia gastará as feições da vida inteira.
Segundos depois de sair das pessoas voltará a ser mineral duro e patético...
Suas vozes te ensurdecerão,
e sua piedade te torturará...
Suas lágrimas farei secar,
e sua garganta travar.
Da pele das pessoas não vai partilhar,
viverá de engrenagens a girar.

Essa é minha maldição,
e que prossigam os dias rápidos em sua vida lenta.
Que os músculos travem de tensão,
e que seus olhos se apaguem antes da morte.


David Weydson

Nenhum comentário:

Postar um comentário