face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sábado, 8 de setembro de 2012

Progredindo com Coragem


O menino que tinha o coração seco e oco,
apontado por não ter as mesmas fôrmas de absurdamente iguais,
andando chutando pedras, envolto em seu vazio sem ouvir nada além de solidão.

Um programa de final de semana com pessoas que ele ama foi muito além do esperado,
numa tentativa de fugir da escuridão de si mesmo,
ouviu pela primeira vez a voz do seu coração.

E o oco ressoou e atravessou seu corpo como o vento sem parada,
como uma lufada de fogo a cada batida
a secura de seu coração foi encontrada no couro,
nos bachis o membro que lhe faltava
e seu sangue era agora suor.

As emoções explodiam para todos,
mas estava sozinho, estava consigo mesmo...
ouvindo o mundo...
e da solidão veio uma luz forte,
aflorando todas lembranças boas da terra,
crianças nascendo...
sementes brotando...

Logo em seguida viro um oceano,
tudo azul ao som de pássaros numa manhã tenra,
vento, água e vida...
as raízes das árvores a me envolver...

Sou o mundo e sinto os pés em minha pele.

E o mundo passa denovo pelo oco,
pelo couro,
e agora é tudo vindo de mim...
e assim nascem outros corações em outras vidas.
Contidas até verter o novo suor e o sangue correr entre as cordas,
e o couro viver,
o okedo e o shime criarem vida com o Odaiko.


David Weydson