face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sábado, 12 de julho de 2014

Cativeiro



Você faz a função da vida, me obriga a ter um espera que não é minha...
ousado és... quem diria que um dia alguém tentaria conter o fogo de queimar com tamanha naturalidade...
garanto que tentando prender assim o vento és ingênuo... como colocando-o em uma caixinha... abrindo ela e sentindo a brisa acariciar o rosto quando lhe for cômodo...
Não perguntas ao vento o que ele sente...
Fúria por tamanha afronta...
Mas sei que sua coragem é motivada por algumas amarras, mas em grande parte pela ignorância do que fazes ao vento...
E na caixa ele se espreme, vira brisa e vira tormenta, furacão e arranha com suas lâminas o interior de seu cativeiro....

Caixas tem nome?
Sim... essa tem...
Amor


David Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário