face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sábado, 28 de março de 2015

Tragédia Grega

Meus olhos se acendem e da boca verte o futuro,
em forma cantada os vapores de além contaminam minhas palavras,
falo de forma que não entendem,
a alma se prepara.

"E um santeiro milagreiro prevê a dor de terceiros,
dizendo que a vida é feita de ilusão"

"Que não largo o cigarro e dirijo meu carro, correndo chegando no mesmo lugar (...) E a razão porque vivo esses dias banais, é porque ando triste, ando triste demais."

Exteriorizo minha dor,
pelo menos em um único endereço,
pois esse mundo faz parte de mim,
não falo... engulo,
e se preciso dizer enigmatizo,
a ponto de que só venha eu a sofrer de forma plena.

Mas é a vida...
Isso é o meu novo mantra

O dia acordou com ar de Stravinsky,
tanta confusão me acalma,
me sinto no meio do mundo...
ou de minha própria cabeça.

Espero não precisar me confessar,
mas sinto o cheiro da hóstia,
do vinho do sangue macerado pelos pés,
Sinto um problema maior do que eu chegando a mim,
prevejo,
não quero, mas o sinto,
como amaldiçoado me conduzo ao abate.


David

segunda-feira, 23 de março de 2015

O chão se desestabiliza,
por mais que conheça esse sentimento nunca vou me acostumar com ele,
nunca vou me acostumar com a vida ruindo e as esperanças dando lugar aos medos...

Me perguntam se eu lido bem com mudanças...
na verdade não,
mudanças são complexas, tiram a gente de lugares confortáveis, de camas quente e nos jogam em outro mundo, um mundo sem conforto.
Procuramos com os olhos desesperados um lugar conhecido,
nos acuamos...

David, muitos querem te ajudar,
mas no fundo você está sozinho

Eu te ajudo

Ass: Apolo

segunda-feira, 2 de março de 2015

Mastigai

Está silencioso por aqui não?
Acho que é necessário algumas mudanças,
tal como um lobo longe de sua matilha,
preso por correntes esquecidas,
esperando que a fome o tome de vez...
Mas isso não vai acontecer.

Não preciso da pata que está presa,
ou pelo menos consigo sustentar tal pensamento mais tempo,
arrancarei-a...
mastigarei...
saciarei a fome e me verei livre
a custo de uma pata...

É um preço baixo para tanta coisa alcançada,
mas é preciso sangrar toda estrada,
até que consiga estancar logo isso,
que outros lobos me aceitem,
e vejam que ainda sem uma pata,
regenerarei e serei melhor,
e os guiarei para um novo Êxodo.

Mastigai


David Weydson