face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Olho de Peixe

Vem a chuva e lembra-me que tenho corpo aquoso
e a alma me verte por nascentes salinas...
Formam-se poças que me ancoram ao rochedo em que desprendo meus pés a mui custo.

O cais tem que mover

deixando toda vida pra traz,
mas profunda beleza há nas ostras e corais recém tirados, 
vivos e bem cuidados, 
agora andarilhos livres sem espaço, 
castigados pelos jatos de sal e areia.

No vagar coral é polido, 

no incômodo pérola é criada,
tantas belezas nessa estrada nunca cobiçada,
belezas pouco percebidas
Abençoados sejam os olhos treinados.


D . . .

Nenhum comentário:

Postar um comentário