face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

A estrada


Aos sete cantos o vento sopra
alma aerada do desencanto
fazendo pipa meu corpo frágil
vertendo bica de desencantos.

Cobra teu preço pela estrada,
queijos tomates vem com desconto,
os mercadores me jogam charme
enquanto sopro pra mais um pouco

Minha estrada barrou o passo
por outras tantas fiz meu descanso
parti dali sem fazer casa
e agora sou de todo santo

Sopro no mundo as faces frias
aqueço aqueles de rostos quentes
enquanto vivo tão de repente
deixando orvalho fresco ao sedente


David

Nenhum comentário:

Postar um comentário