face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Acalanto

Aos poucos meu jovem, o tempo vai passando,
esses problemas que parecem enormes vão se dissipando,
muito vai sendo esquecido e a vida sendo escrita...
Você vai amar de novo,
vai trabalhar muito,
lembra quando você achava que nunca ia conseguir amarrar os sapatos?
Eu lembro muito bem,
seus dedos pequenos com pouca coordenação,
enrolando e puxando os cadarços sem efeito,
emburrado desistiu e pegou o de velcro enquanto sorri...

O tempo é sábio meu jovem,
eu mesmo já amei,
e amei muito...
O cheiro da pele dela,
a maciez...
mas isso o tempo também leva,
só não levam suas memórias,
e se levam fica em algum canto guardada tua história...

Calma filho calma...
você está indo bem,
é tempo de sorrir... tudo está entrando nos eixos,
o possível você está a fazer,
mas é preciso tempo...

Tempo meu filho...
tempo.


Apovid

Nenhum comentário:

Postar um comentário