face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

domingo, 16 de outubro de 2016

Sol e Lua

Meu anjo errante,
muitas léguas distante,
com corpos entrelaçados,
espíritos moldados
separados porque tinha que ser assim
Mas agradeço...

Sempre gostei do que não entendem,
e somos o que nem sabemos descrever,
na mão do destino sábio,
um em cada mão
nos falando por cartão
escrito, sorrindo
meu menino lindo

Que lê minha alma agora,
grava todo dia minha história,
minha lembrança escrita,
te faço uma lista das vontades que tive com você,
vendo agora a mesma lua,
amarela cheia nua,
nossos olhos se olhando
mirando o mesmo espelho

Sorrio...
não esqueço
meu menino do avesso,
tão presente tão distante,
meu anjo vagante,
levando meu coração viajante.


David Vilela

Nenhum comentário:

Postar um comentário