face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Inquieto corro atormentado,
com a cabeça zunindo alto...

leia sorte,
acende vela,
pede que vá com ela...
sopra vento,
pinta tela...

dividido e ardido

Sinto tudo,
sinto...

Repito o que já me falaram
"se ele amasse já teria te visto,
os que querem movem mundos"
... já os quis mover...
Tudo encaixa de maneira tão certa
"mas só sonhar ainda te deixa só, você precisa viver"
preciso?
Eu vivo pelo amor todo que amo
"mas falta o beijo, o arrepio, o cheiro e o plano"
Para ele parece tudo certo
"É bom assim... pra você não?"
"Nunca vi, pouco ouvi, nunca uma palavra direcionada a mim"
Já não basta ser desconfiado desconfianças crescem nos pastos
"Ele é real? Casado? Não mente afinal?"
EU O CONHEÇO!

Ok...

Nos damos muito bem,
estava pensando em minha vida pra do teu lado guiar
"mais um que não te vê, fazes muito, mas e você?"
"Sorrisos valem, e tudo valeu,
mas falta o corpo, a dedicação que não veio"

"Isso nunca daria certo"
Eu sempre acreditei que daria,
num momento de raiva escapa,
verdade crua nas linhas...
uma parte de mim mata,
a que te esperava e cria...
agora não sei... muito fazes...
pouco provas pouco queres...
tudo de seu jeito eu desde o começo aceitei,
esperava muito... vacilei...

Só queria uma visita,
a primeira as outras eu faria,
pro teu lado iria,
mas não queres,
sofria...

Acredito ser digno de você ao meu lado,
depois de tanto por ti esperar,
mas corres...
desculpa-se...
abandona-me a falar...

Dói em ti disso sei,
mas tudo pode ser diferente,
não deixas,
aceita,
me cuide,
tudo mude,
espero que no meio disso tudo tu apareças,
como um príncipe em cavalo branco,
mas te conheço,
a quase um ano...

Muito me contenho,
muito anulo,
luto por ti,
calo,
engulo...

Acerta os ponteiros,
calcula as horas,
erra os meses,
demoras...

Nenhum comentário:

Postar um comentário