face de david- michelangelo

face de david- michelangelo
A face seca cede à curiosidade que entorpece os sentidos, focando o vívido olhar ao longe até se perder nas brumas de seus pensamentos distantes

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

O menino que tinha galáxias nos olhos
mostrava estrelas quando sorria
em seu abraço ardia o carinho doce de seu peito
seu jeito doado,
braços abertos,
olhos marejados...

Era um simples amante que batia os pés suspensos no muro segurando algumas flores,
pouco a pouco elas reagiam,
tornaram-se viçosas e perfumadas,
a tarde pareciam estar molhadas...
ele as borrifou também,
mas ao fim elas murcharam,
tamanho tempo de espera,
a garganta do menino sorridente escondia o nó,
os olhos escondiam choro e sorriso,
''ele não mais vem, não passou de uma ilusão''
lembro de um filme que assisti,
pessoas se apaixonavam por programas,
depois de conhecer seus gostos se adaptava,
no fim os abandonavam,
corriam pelas estradas...

Os dias que nunca chegaram,
promessas empilhadas,
velhos sonhos em caixas,
noiva abandonada em altar.

O filme que tanto queria nunca assistiu,
não me viu ali quadro-a-quadro,
tenho objetos qual o daria,
acumule,
finja,
sorria.

Ele chegou também ao meu fim



Nenhum comentário:

Postar um comentário